;

YouTube muda regras para monetização de videos.

A plataforma de vídeos mudou suas regras de monetização. Segundo as regras, a partir de 20/02 para passar a gerar receita com os vídeos, os canais terão que ter no mínimo 1 mil assinantes e  4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses.

17/01/2018 | André Logello | Notícias

A partir de 20 de fevereiro de 2018, as regras de monetização da plataforma mudarão. Segundo a empresa, a medida visa valorizar os reais criadores e afastar spammers, e segundo disseram os executivos da plataforma Neal Mohan (diretor de produto) e Robert Kyncl (diretor de negócios), em comunicado conjunto, “...Para que possamos impedir que atores ruins prejudiquem os criadores inspiradores e originais de todo o mundo que ganham a vida no YouTube”. Na prática, a mudança fará com que canais com menos de 1.000 inscritos ou 4.000 horas de exibição deixem de poder ganhar dinheiro no YouTube (monetizar). Quando atingirem 1.000 inscrições e 4.000 horas de exibição, estes mesmos canais serão automaticamente reavaliados sob critérios rigorosos para garantir que estejam de acordo com as políticas da empresa. Segundo o Youtube, apesar de as mudanças afetarem um número significativo de canais, 99% dos afetados estavam fazendo menos de US $ 100 por ano no último ano, com 90% ganhando menos de US $ 2,50 no último mês. Qualquer um dos canais que já não atendem a esse limite será pago o que eles já ganharam com base em nossas políticas do AdSense. Agora a coisa está ficando boa! Pois apenas os criadores de conteúdo bom e relevante se manterão no alto… ou não??? COmente! dê sua opinião, e saia da Matrix! Veja o comunicado original em inglês em https://goo.gl/co8qTa